Certificação de Sistemas (SGQ)

CERTIFICAÇÃO ISO 9001

Atualmente o IBELQ atua com a certificação ISO 9001 que é frequentemente usada em ambos os setores, privado e público, para aumentar a confiança nos produtos e serviços prestados pelas organizações, entre parceiros de negócios, na seleção de fornecedores em cadeias de abastecimento e no direito à apresentação de propostas para contratos. A norma define critérios para a implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) e fornece a infraestrutura, procedimentos, processos e recursos para auxiliar as organizações a gerenciar e melhorar seu desempenho, eficiência e atendimento ao cliente.

O resultado esperado para a certificação acreditada da norma ISO 9001 é:

Para o escopo da certificação definido, uma organização com o sistema de gestão da qualidade certificado fornece produtos/serviços que atendem de forma consistente aos requisitos do cliente e requisitos estatutários e regulamentares aplicáveis, e visa aumentar a satisfação do cliente.

O IBELQ está buscando a acreditação CGCRE para esta certificação. 

COMO OBTER A CERTIFICAÇÃO:

O processo para a obtenção da certificação consiste no seguinte:


1 – SOLICITAÇÃO, ANÁLISE CRÍTICA DA SOLICITAÇÃO E APROVAÇÃO DA PROPOSTA DE CERTIFICAÇÃO

Para receber a proposta de certificação entre em contato com a nossa área comercial informando a norma técnica e as necessidades de sua empresa.

Toda solicitação de certificação é analisada criticamente pelo IBELQ antes da emissão da proposta comercial.

Eventualmente, caso o serviço não esteja no escopo de atuação do IBELQ ou o mesmo não possa cumprir alguma necessidade específica do solicitante, considerando a hipótese do prazo para estudo de viabilidade e adequações do IBELQ não atender aos interesses do solicitante, a proposta não será emita e a justificativa da recusa da certificação será devidamente apresentada ao requisitante. 

Todos os registros são mantidos pelo IBELQ.

 

2 - AVALIAÇÃO

Logo após o preenchimento do formulário de solicitação e a aprovação da proposta e do contrato, o processo de certificação é iniciado com a solicitação dos documentos necessários e a programação da auditoria.

Na hipótese de identificação de não-conformidades durante a auditoria:

Para não conformidades menores, ou seja, que não são consideradas críticas, a empresa deverá enviar o plano de ação para análise do IBELQ;

Para não conformidades maiores, ou seja, que são consideradas críticas, além de avaliar o plano de ação, o IBELQ deverá programar uma auditoria de follow-up para avaliação da eficácia das ações realizadas.

 

3 - DECISÃO E CONCESSÃO DA CERTIFICAÇÃO

Assim que as etapas de avaliação forem concluídas, o IBELQ decide pela certificação e emite o certificado de conformidade

 

4 - EXPANSÃO DE ESCOPO 

Em resposta a uma solicitação para expansão de escopo de uma certificação já concedida, o IBELQ realiza uma análise crítica da solicitação e determina quaisquer atividades de auditoria necessárias para decidir se a extensão pode ou não ser concedida. Essa auditoria pode ser realizada em conjunto com uma auditoria de supervisão.

 

5 - SUSPENSÃO DA CERTIFICAÇÃO E DESDOBRAMENTOS: CANCELAMENTO OU REDUÇÃO DE ESCOPO DA CERTIFICAÇÃO

Suspensão da certificação

Durante a suspensão, a certificação do sistema de gestão fica temporariamente inválida.

Deve ser suspenso o processo de certificação nos casos em que:

a. Houver falha persistente em atender os requisitos, incluindo eficácia; 

b. O cliente não permitir a realização de auditorias de supervisão ou de recertificação nas frequências requeridas pelas regras de certificação; 

c. O cliente solicitar voluntariamente a suspensão; 

d. Referências incorretas à condição de certificação ou uso enganoso de documentos de certificação, marcas ou relatórios de auditoria; 

e. Não cumprimento das condições contratuais.

 

6 - RESOLUÇÃO DA SUSPENSÃO E RESTAURAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO

Se a certificação é suspensa, o IBELQ deve comunicar ao cliente as ações e prazos necessários para solucionar a suspensão e restaurar a certificação conforme regras do processo de certificação.

A falha na resolução da suspensão resulta em Cancelamento ou Redução do Escopo da Certificação


7 - POLÍTICA DA IMPARCIALIDADE 

Com o intuito de proporcionar confiança nas suas atividades, o IBELQ – Instituto Beltrame da Qualidade Pesquisa e Certificação tem como princípio relativo à imparcialidade das atividades de qualificação e certificação a confiança e a transparência em suas atividades, comprometendo-se a: 

  • Cumprir todas as politicas e os procedimentos definidos pelo IBELQ.
  • Manter as atividades de forma imparcial não permitindo que pressões comerciais, financeiras ou outras comprometam a conformidade e imparcialidade da qualificação e ou certificação do produto ou de sistema.
  • Identificar permanentemente os riscos à sua imparcialidade, incluindo possíveis riscos que surgem de suas atividades, a partir de seus relacionamentos, ou a partir de relacionamentos de seu pessoal.
  • Salvaguardar a imparcialidade em qualquer tendência de permitir que considerações comerciais ou outras evitem a provisão das atividades de certificação e de gestão técnica do PSQ de forma consistente e imparcial.
  • Identificar, analisar, avaliar, tratar, monitorar e documentar os riscos relacionados a conflitos de interesses do fornecimento de certificação, incluindo quaisquer conflitos resultantes de seus relacionamentos, de forma contínua.
  • Documentar e demonstrar como elimina ou minimiza qualquer ameaça a imparcialidade, através de registros de processo, avaliação da planilha de riscos a imparcialidade dentre outros recursos como, formulário de contratação, assinatura de termo de confidencialidade e imparcialidade e do monitoramento durante as reuniões do comitê técnico de imparcialidade.
  • Não oferecer consultoria/auditoria interna para empresas envolvidas no processo de certificação pelo IBELQ.
  • Que todos os colaboradores (internos ou externos), independentemente da hierarquia ou função, assinem o Termo de Confidencialidade, Responsabilidade e Imparcialidade, revelando qualquer situação conhecida que possa oferecer um conflito de interesse a si próprio ou ao organismo de certificação.


OBSERVAÇÕES GERAIS

* Durante todo o processo de certificação e/ou qualificação, o cliente conta com uma equipe técnica especializada do IBELQ para o esclarecimento de qualquer dúvida referente ao processo.

* A auditoria de Certificação Inicial é realizada em 2 fases. 

* Após a Certificação Inicial, auditorias de Supervisão são realizadas periodicamente para garantir a conformidade do Sistema de Gestão (no máximo a cada 12 meses).

* A cada três anos (36 meses), o IBELQ realiza uma auditoria de Recertificação.

* Em caso de necessidade de abertura de processo para reclamações e apelações, por favor preencher o formulário na "aba" formulários para cliente disponível neste site.

* O requisitante ou apelante pode enriquecer a reclamação ou apelação, anexando fotos e outros documentos pertinentes ao processo.

* O IBELQ fará a avaliação da reclamação ou apelação por equipe técnica especializada e tomará as devidas providencias.

* Posteriormente, o cliente será comunicado sobre a conclusão do processo.

* Para mais informações, entre em contato conosco através do nosso site!

 

 

Com o intuito de proporcionar confiança nas suas atividades, o IBELQ – Instituto Beltrame da Qualidade Pesquisa e Certificação tem como princípio relativo à imparcialidade das atividades de qualificação e certificação a confiança e a transparência em suas atividades, comprometendo-se a:

ü  Cumprir todas as politicas e os procedimentos definidos pelo IBELQ

ü  Manter as atividades de forma imparcial não permitindo que pressões comerciais, financeiras ou outras comprometam a conformidade e imparcialidade da qualificação e ou certificação do produto ou de sistema.

ü  Identificar permanentemente os riscos à sua imparcialidade, incluindo possíveis riscos que surgem de suas atividades, a partir de seus relacionamentos, ou a partir de relacionamentos de seu pessoal.

ü  Salvaguardar a imparcialidade em qualquer tendência de permitir que considerações comerciais ou outras evitem a provisão das atividades de certificação e de gestão técnica do PSQ de forma consistente e imparcial.

ü  Identificar, analisar, avaliar, tratar, monitorar e documentar os riscos relacionados a conflitos de interesses do fornecimento de certificação, incluindo quaisquer conflitos resultantes de seus relacionamentos, de forma contínua.

ü  Documentar e demonstrar como elimina ou minimiza qualquer ameaça a imparcialidade, através de registros de processo, avaliação da planilha de riscos a imparcialidade dentre outros recursos como, formulário de contratação, assinatura de termo de confidencialidade e imparcialidade e do monitoramento durante as reuniões do comitê técnico de imparcialidade.

ü  Não oferecer consultoria/auditoria interna para empresas envolvidas no processo de certificação pelo IBELQ.

ü   Que todos os colaboradores (internos ou externos), independentemente da hierarquia ou função, assinem o Termo de Confidencialidade, Responsabilidade e Imparcialidade, revelando qualquer situação conhecida que possa oferecer um conflito de interesse a si próprio ou ao organismo de certificação.